Blog

Lições positivas em tempos de Corona Vírus

03/04/2020   publicado por: Paulo André

A história sempre tem seus eventos que mudam a forma de sermos e de trabalharmos. Nos anos 80, perdíamos uma manha inteira na fila do banco para fazer um depósito ou pegar um simples extrato – até surgir o caixa eletrônico. Nem vou falar nas cartas que demoravam semanas para chegar aos destinatários que foram substituídos pelo e-mail e atualmente por aplicativos como WhatsApp ou Telegram.

E o que aconteceu agora com o Corona Vírus?

Com o confinamento nas residências, o método para o pais não parar foi o trabalho remoto, também conhecido como tele trabalho. Algumas grandes empresas faziam uso da tecnologia para realizar reuniões virtuais através de plataformas como Zoom, Skype e similares. Assim evitavam custos com deslocamentos de seus executivos e gastos em passagens de avião, alimentação e hospedagem. Hoje esta ferramenta está mais barata e pode ser utilizada por qualquer pessoa em seus celulares, dando mais mobilidade e evitando custos pesadíssimos, inclusive de aluguel de salas para reuniões.

Atualmente, aquelas tarefas que podem ser feitas sem o contato físico, por exemplo, algumas atividades judiciárias, bancárias, ensino, serviços de informática e mesmo na medicina estão sendo regulamentadas e sendo adaptadas para melhor atender os brasileiros.

Para se ter uma ideia, segundo o site do INSS, a produtividade dos servidores aumentou em 108% com a implantação do tele trabalho. Significa a produção de dois anos de serviço será executada em apenas um ano. O mesmo aconteceu no judiciário e outras atividades do setor público. Com aumento médio de pelo menos 30%. O que reduz em muito o gargalo da Justiça e que impacta na vida das pessoas e empresas do país (a longa espera por uma decisão definitiva da Justiça, que leva as vezes uns 7 anos, em média.

Plataformas online para estudo, contas digitais em aplicativos para fazer pagamentos e transferências, entre outras ferramentas, evitam o custo de deslocamento trabalho-casa, alimentação, hospedagem para aqueles que viajam, o que se transforma em mais tempo para ficar com a família, praticar atividades físicas e cuidar do lar. E nem falo nas “lives” que fazem até show w arrecadação virtual proporcionando entretenimento diferenciado para aqueles que não podem se deslocar aos shows.

Temos no ainda um grande gargalo a ser superado: a qualidade da internet que em cidades menores é de baixa qualidade e a disponibilização de equipamentos que suportem os aplicativos para toda população economicamente ativa. Resolvendo estes problemas, assim como surgiram novas relações de trabalho com os aplicativos de transporte (motoristas e os restaurantes entregam comida por entregadores avulsos), teremos setores de empresa que não mais precisarão estar fisicamente nas empresas para produzir e dar o melhor atendimento ao consumidor, indiferentemente se for de serviço público ou privado.

Em tempos de corona vírus, temos novidades positivas que mudarão nossa forma de trabalhar e de se relacionar em ambiente profissionais dando mais liberdade, simplicidade e produtividade nas nossas atividades do dia a dia.

Tags: